A Empresa

O projecto "CASAS DA PEDRA", promovido pela empresa Turalraia, Lda, tem intervenção na área do turismo, em espaço rural e tem por objectivo proporcionar a oferta de alojamento e outras actividades sócio culturais, o desenvolvimento rural, e a preservação do património cultural.

Para isso, adquirimos e reabilitámos um conjunto de casas, em estado de degradação avançado, " Casas do Ti Vieira", situadas no largo do Pocinho, reconvertendo-as em unidades de alojamento, preservando a sua traça o mais fielmente possível, conjugando o tradicional com a modernidade e funcionalidade.

Esta é uma decisão de investimento turístico que respeita a cultura e o modo de vida local, aposta na magnífica paisagem, nas mãos que conhecem segredos de enchidos, queijos, doçaria e pratos locais, na caça e nas festas únicas ao longo do ano.
Apelando à memória, promove-se a arquitetura vernacular beirã, utilizando materiais e tonalidades cromáticas tradicionais em Aldeia do Bispo.

O "Pocinho" era, nos anos 40 e 50 do século XX, um dos centros vitais de Aldeia do Bispo. Ali havia (e há) um chafariz, ali ficava o Registo Civil e o Posto de Correios (em casa de um dos vogais da Junta de Freguesia, o "Ti" Armindo Lopes), ali se situava a Escola "Velha" (atual sede da Junta), dali partia e ali chegava a "carreira" da Viúva Monteiro & Irmão. E ali havia três "comércios" e duas tabernas: da "Ti" Cândida, do "Ti" Armindo e do "Ti" Vieira.

Casas da Pedra

As Casas da Pedra, são um conjunto de 6 unidades de alojamento, independentes, totalmente equipados e têm esta designação, por uma das casas, a Casa da Costura, ser chamada "Casa da Pedra", pelo fato de ter uma grande laje encostada à parede sul, que serviu durante décadas, de assento a muita "malta nova" para conversa e gargalhadas noite dentro. Foi nesta casa que nasceu um dos ilustres Albispenses o Dr. Adérito Tavares.

As Casas da Pedra localizam-se no centro, onde irá encontrar rostos de boas vindas numa aldeia cheia de tradições sentimentos e vida.